Como descreve o seu estilo fotográfico?

Tenho imenso orgulho do estilo fotográfico que uso e que considero ser uma combinação de Fine-art com fotojornalismo. Sei que parece desnecessariamente complicado, mas o que realmente significa são imagens únicas que retratam o vosso casamento e momentos a dois de uma forma simples, narrativa e criativa, onde as emoções estão sempre presentes. É saber captar o ambiente que vos rodeia, o sorriso das pessoas que estão presentes para testemunhar a vossa união, as lágrimas durante a cerimónia, os detalhes que prepararam com tanta atenção e é saber encontrar a luz perfeita para vos fotografar casados e apaixonados. É sobre vocês!

A minha abordagem é honesta, intimista e emocional e acredito que são os pequenos momentos entre momentos que contam, permitindo assim contar a vossa história, tal como esta acontece. Acima de tudo, quero que recordem o que sentiram no vosso dia de casamento, cada vez que virem as vossas fotografias.

Adoro documentar uma história de amor de forma natural e autêntica e, para mim, todos os momentos são importantes, desde a primeira imagem do dia até à última. Em cada casamento quero criar algo pessoal e único para vocês.

Fotografa casamentos em que zonas do país? E noutros países?

Embora seja de Santarém, para mim, nenhum casamento é longe demais. Fotografo em todas as zonas do país e já tive o prazer de fotografar no Minho, Madeira, Alentejo, Algarve, Grande Lisboa, Ribatejo, na zona Oeste e até nos Alpes Franceses.

Adoro viajar e estou disponível para fotografar em todo o mundo.

E existe limite de fotografias? E de tempo?

Cada casamento é único e especial e por essa razão não existe limite no número de fotografias captadas no dia, embora sejam apenas selecionadas para edição e entrega entre 600 a 800 imagens. Há situações em que poderá ser entregue um número superior e isso depende dos acontecimentos do dia. Embora cada trabalho tenha uma duração média de 12 horas, terei o maior gosto em acompanhar a festa na totalidade de modo a garantir que cada momento importante seja fotografado.

Para mim, todos os momentos são importantes, desde a primeira imagem do dia até à última.

E como são entregues as fotografias?

IMG_9240

O trabalho final será sempre entregue numa caixa de madeira personalizada contendo uma Pen USB com todas as fotografias seleccionadas e individualmente editadas e na sua resolução máxima, sem marca de água e prontas a imprimir num laboratório à vossa escolha.

As fotografias precisam de ser impressas. Vistas. Tocadas. Por essa razão, a caixa contém ainda 25 impressões 10x15cm. Essas 25 fotografias são cuidadosamente seleccionadas e refletem os momentos mais importantes do vosso casamento. Acredito que não há nada como terem algumas fotografias impressas em papel fotográfico de alta qualidade para que possam ver e sentir a verdadeira qualidade das vossas imagens. Porque não oferecer essas fotografias às pessoas mais especiais da vossa vida ou até mesmo espalhar pela vossa casa para que possam recordar alguns dos momentos mais importantes do vosso casamento em cada canto do lar?

IMG_9241

IMG_9177

Como podemos ver as imagens depois do casamento?

As fotografias serão colocadas numa galeria online privada protegida por password que estará disponível algumas semanas depois do dia do casamento e que poderá ser visualizada durante seis meses, tanto no computador como em tablets. Esta servirá não só para mostrar as fotografias, como também para venda das mesmas aos convidados, familiares e amigos em todo o mundo.

Quanto tempo demora até a galeria estar online?

Cada fotografia seleccionada é editada de modo a reflectir um trabalho de qualidade e depende muito do mês em que se casam e do número de casamentos que tenho para fotografar, mas geralmente demora entre quatro a seis semanas se o casamento se realizar entre Dezembro e Junho. De Julho a Novembro poderá levar cerca de seis a oito semanas para editar e colocar as imagens na galeria, uma vez que, mais de 75% dos casamentos agendados se realizam nesses meses.

E em relação aos álbuns?

IMG_9187

IMG_9192

Impressos digitalmente em papel Fine-Art por uma das melhores empresas de álbuns portuguesas e montados artesanalmente pela talentosa artesã Sílvia Pontes, estes têm acabamentos de luxo e uma qualidade de impressão fantástica. Tanto a capa como a caixa que protege o álbum são forradas com linho natural e o resultado final é um álbum único que dura uma vida.

A disposição das fotografias é elaborada de uma forma simples e num layout bastante limpo, de modo a contar a história do vosso dia ao longo das várias páginas. As folhas abrem totalmente de forma plana, para que possam ver as fotografias sem marca entre as páginas. É importante para mim que o vosso álbum de casamento seja de extrema qualidade, para que possam mostrar com orgulho aos vossos familiares e amigos ao longo de muitos anos.

Antes da impressão, a maquete do álbum será disponibilizada numa plataforma online, onde poderão deixar os vossos comentários e sugestões para alterações. A impressão do álbum só será feita depois da vossa aprovação.

IMG_9215

IMG_9236

Realiza reuniões com os noivos?

Valorizo muito a amizade que faço com os casais que me contactam e por essa mesma razão, faço sempre questão de ter várias reuniões de forma a vos conhecer pessoalmente, ouvir as vossas histórias, saber quais as vossas ideias para o vosso dia do casamento e mostrar mais um pouco do meu trabalho. Caso não seja possível uma reunião presencial, há sempre a possibilidade de realizar uma videoconferência através do Skype, FaceTime ou Google Hangout.

E como podemos contratá-lo?

Depois de vos conhecer e ouvir as vossas ideias, depois de confirmada a disponibilidade do dia e escolhida a vossa coleção ou itens a serem contratados, será assinado um contrato de prestação de serviços e deverá ser feito um depósito de 30% do valor total, de modo a reservar a data e assegurar os meus serviços.

Utiliza um contrato de prestação de serviços?

Faço questão de utilizar sempre um contrato de prestação de serviços de modo a garantir que tanto vocês como eu estejamos cientes dos nossos direitos e deveres.

Costumo dizer por brincadeira que este contrato é a única formalidade que existe entre nós. O resto é confiança mutua, boa disposição e amizade.

Trabalha sozinho ou trabalha sempre com um segundo fotógrafo?

Trabalho sozinho em 95% dos casamentos que fotografo, embora seja possível a contratação de um segundo fotógrafo, sendo este de total confiança e com a mesma visão de modo a oferecer um trabalho coerente.